Palavra do Presidente


50 anos de história e um futuro pela frente

Quando analisamos a história da fisioterapia e da terapia ocupacional nesses 50 anos d regulamentação, percebemos que as conquistas foram muitas, sobretudo em relação à sua inserção nas políticas de saúde pública. Tal fato aproxima, ainda mais, as duas profissões da sociedade, afinal impacta diretamente a qualidade de vida das pessoas.

Mas, tão importante quanto conhecer a história, a trajetória e os avanços obtidos pelas profissões, é pensar no futuro delas. O que esperamos? O que planejamos? Aonde queremos chegar? É por isso que o CREFITO-4 se preocupa em resgatar o passado e provocar reflexões, alertando os profissionais sobre o seu papel na sociedade e sobre a necessidade da ressignificação do fazer, além da relevância de implementar em sua prática assistencial a utilização de novas tecnologias, como a inteligência artificial.

O uso da inteligência artificial pode, como mostraremos nesta edição, revolucionar a área da saúde, oferecendo maior segurança a profissionais e pacientes, ampliando, inclusive, a precisão de diagnósticos, a otimização de custos e resolutividade.

Além disso, é chegado o momento de avançar com a progressão das diretrizes curriculares nacionais e garantir uma formação profissional que atenda às demandas do presente e do futuro. Devemos também nos organizar social e politicamente, fortalecer nossas entidades de classe, ocupar mais espaços de controle social de maneira planejada para consolidar as profissões e continuar avançando.

Nesse sentido, o Conselho amplia suas fronteiras e vai além de uma atuação meramente fiscalizadora. Temos trabalhado de forma preventiva, programada e propositiva, orientando, ouvindo e debatendo, oferecendo diretrizes para as especialidades, não apenas para superar crises, mas para ditar os rumos a serem tomados por fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais nos próximos anos. Dr. Anderson Luís Coelho Presidente do CREFITO-4