Conselho Regional de Fisioterapia realiza, nessa quinta-feira, programa para identificar sequelas pós-covid na população de BH

INSCRIÇÃO

Programa Supera Minas será lançado pelo CREFITO-4 MG, no Dia Nacional da Saúde, com o objetivo de percorrer todas as regiões do estado com o Supera Minas para treinamento prático dos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais capacitados pelo conselho durante o Circuito de Atualização em Reabilitação Pós-covid. Na capital mineira, ação acontecerá a partir das 13h30, na Praça da Liberdade. Para participar, população deve se inscrever por meio do site crefito4.gov.br

Pacientes de Belo Horizonte que tiveram covid-19 e desejarem detectar possíveis sequelas poderão realizar testes com fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais nessa quinta-feira (05), na Praça da Liberdade, das 13h30 às 16h30. A ação será realizada por meio do Programa Supera Minas, lançado pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 4ª Região (CREFITO-4 MG) na capital mineira, justamente no Dia Nacional da Saúde, comemorado anualmente na data de 05 de agosto. Para participar, a população deve se inscrever por meio do link https://crefito4.gov.br/site/2021/08/04/superaminas/. Após a realização dos testes, os pacientes receberão orientações profissionais, além dos laudos fisioterapêuticos e terapêuticos ocupacionais.

O objetivo do CREFITO-4 MG é percorrer todos os cantos do estado para treinamento prático dos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais já capacitados pelo conselho durante o Circuito de Atualização em Reabilitação Pós-covid. Cada profissional que passou pela capacitação teórica receberá um e-mail com informações sobre a etapa do Supera Minas agendada para sua respectiva microrregião. Aqueles que não puderam participar do Circuito Pós-covid também podem atuar como voluntários no Supera Minas, desde que se inscrevam com antecedência pelo e-mail eventos@crefito4.gov.br.

Começando por Belo Horizonte, o programa irá, em seguida, para o Sul de Minas, Zona da Mata, Vale do Rio Doce, Vale do Mucuri, Norte de Minas, Triângulo e Região Central, totalizando, inicialmente, quase 60 cidades. Sintomas como alterações no sono, falta de ar, dificuldade para respirar, tosse persistente, fraqueza, fadiga, dificuldade para realizar atividades rotineiras, piora na qualidade de vida, perda de memória e dificuldade para raciocinar, fazer cálculos, planejar e concentrar têm sido muito comuns, mas não são normais e devem ser tratados.

Segundo o presidente do Conselho Regional de Fisioterapia, Dr. Anderson Coelho, o programa percorrerá todo o estado, visitando municípios de diferentes tamanhos e realidades. “A ideia é estar presente em cidades grandes, como Belo Horizonte e Uberlândia, mas também em muitas outras, de menor porte. Visitaremos todas as regiões, de agosto a outubro, atendendo a população, identificando possíveis sequelas e mostrando a importância de tratá-las por meio do atendimento de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais. O CREFITO-4 MG quer continuar contribuindo para que os mineiros vençam o novo coronavírus, se conscientizem para as sequelas e realizem os tratamentos adequados, da melhor forma possível”.