ONDA ROXA em Minas Gerais

Em Nota Técnica (nº2/2021), a Secretaria de Saúde de Minas Gerais reafirma que, durante o período da Onda Roxa, os serviços de saúde devem continuar mantendo as mesmas recomendações previamente estabelecidas para a Onda Vermelha, conforme disposto no “Guia de Orientações para Retomada dos Atendimentos Presenciais e Diretrizes para os Atendimentos Remotos nos Serviços Ambulatoriais e Hospitalares Eletivos, Vinculados às Redes Temáticas no SUS-MG”.

O documento recomenda também ações específicas voltadas à Atenção Primária, as quais os gestores municipais deverão analisar a “viabilidade de flexibilizar a organização do trabalho das Unidades de Atenção Primária à saúde (UAPS) para enfrentamento ao agravamento do cenário epidemiológico (onda roxa) da Covid-19, estabelecendo as unidades para a continuidade das ações de rotina da APS e, estabelecendo fluxos diferenciados para casos de Síndrome Gripal (SG), com intuito de evitar que haja aglomeração de pessoas nos ambientes.”

- Leia na íntegra a Nota Técnica nº2/2021 da Secretaria de Saúde de Minas Gerais: https://is.gd/TLXKOh

- Acesse o Guia de Orientações para Retomada dos Atendimentos Presenciais e Diretrizes para os Atendimentos Remotos nos Serviços Ambulatoriais e Hospitalares Eletivos, Vinculados às Redes Temáticas no SUS-MG: https://is.gd/oZn1q8