Dr. Moisés Alves Senra, primeiro fisioterapeuta mineiro vacinado contra a Covid-19

Ato simbólico, realizado no aeroporto internacional de Belo Horizonte, em Confins, representou o início da vacinação no Estado. CREFITO-4 MG marcou presença na cerimônia

A noite desta segunda-feira (18) foi especial para a Fisioterapia mineira. Em ato simbólico de início da vacinação contra a Covid-19 em Minas Gerais, Dr. Moisés Alves Senra, de 39 anos, foi o primeiro fisioterapeuta mineiro a receber uma dose da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. A cerimônia foi realizada logo após a chegada do primeiro lote de imunizantes ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, e contou com a participação do governador de Minas Gerais, Romeu Zema. O presidente do CREFITO-4 MG, Dr. Anderson Coelho, também marcou presença. A Fisioterapia foi representada no ato a pedido do CREFITO-4 MG e ASSOBRAFIR.

Natural de Rio Pomba, Dr. Moisés é fisioterapeuta respiratório no CTI do Hospital Eduardo de Menezes há dez anos. Segundo ele, a sensação de receber a primeira dose é de muita felicidade. “Em um ano muito difícil, com muitos desafios e estudos, conseguimos hoje tomar a vacina”. Ainda em sua fala, o fisioterapeuta lembrou da importância das medidas de precaução, “essas medidas não podem ser deixadas de lado, mesmo com a chegada da vacina. Enquanto todo mundo não for vacinado ainda precisamos usar máscaras, ter o distanciamento, lavas as mãos e usar álcool em gel”.

Além do fisioterapeuta, outros quatro profissionais da área da saúde do grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde e que atuam na linha de frente de combate à doença em Minas também foram vacinados. Foram eles: a técnica de enfermagem, Maria Bom Sucesso Pereira, de 57 anos; o também técnico de enfermagem, Thiago Libério Santana Medina, 39 anos; a enfermeira do CTI, Adileia Pereira de Jesus Cardoso, a Didi, de 52 anos e a médica Teresa Gamarano Barros, de 37 anos.

VACINAÇÃO EM MG

De acordo com o Governo de Minas, 577.480 mil doses dos imunizantes produzidos pelo Instituto Butantan foram enviadas a Minas Gerais neste primeiro lote de vacinas, que permitirão a imunização de cerca de 280 mil pessoas. A estratégia para que todas as 28 Superintendências Regionais de Saúde recebam o imunizante contempla 13 rotas de aeronaves (cinco aviões e três helicópteros) e duas rotas terrestres (Belo Horizonte, Divinópolis e Sete Lagoas).

GRUPOS PRIORITÁRIOS

Serão vacinados neste primeiro momento os trabalhadores da saúde, entre equipes de vacinação, equipes de instituições de longa permanência e os envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de covid-19. Na sequência, serão vacinadas pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência, seguidas de pessoas com mais de 18 anos com deficiência, residentes em residências inclusivas. Por fim, a população indígena vivendo em terras indígenas, seguindo o Plano Nacional de Imunização.