CREFITO-4 MG buscará a Justiça contra Resolução CONFEF que trata da atuação nos Contextos Hospitalares

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 4ª Região (CREFITO-4 MG) foi surpreendido nesta semana pela Resolução nº 381, publicada no dia 26 de agosto pelo Conselho Federal de Educação Física (CONFEF) a qual passa a reconhecer a atuação do profissional educador físico em contextos hospitalares, no que diz respeito à atendimento em níveis de atenção primária, secundária e/ou terciária em saúde, com atribuições para “coordenar, planejar, programar, supervisionar, dinamizar, dirigir, organizar, avaliar e executar trabalhos, programas, planos e projetos, nas áreas de atividades físicas e do exercício físico, destinados a promoção, prevenção, proteção, educação, intervenção, recuperação, reabilitação, tratamento e cuidados paliativos da saúde física e mental, na área específica ou de forma multiprofissional e/ou interdisciplinar.”

Diante da incabível resolução e por estar certo que tais atribuições são privativas aos fisioterapeutas e aos terapeutas ocupacionais, o CREFITO-4 MG irá acionar o Poder Judiciário para garantir que nenhuma prerrogativa dos profissionais seja violada.

#ContextosHospitalares #resolucao

ASCOM/CREFITO-4 MG