ALMG aprova projeto de lei que cria serviço virtual de apoio a gestantes e parturientes durante a pandemia do novo coronavírus

Texto aguarda sanção do governador

O Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, na última semana, o PL 2.004/20, que cria o serviço virtual de informação, apoio e acolhimento a gestantes e parturientes, em endemias, epidemias ou pandemias, com informações sobre pré-natal, puerpério e pós-parto.

O projeto de lei objetiva proteger a saúde dessas mulheres durante o período de pandemia do novo coronavírus, e também amenizar a sobrecarga dos serviços e dos profissionais de saúde. O texto aguarda sanção do governador Romeu Zema.

ASCOM/CREFITO-4 MG