Como reorganizar a rotina pode ajudar sua saúde mental na quarentena? Conte com o Terapeuta Ocupacional

Ansiedade, depressão, transtorno do pânico, estresse, confusão e raiva são alguns impactos psicológicos negativos que podem ser provocados pela quebra abrupta da rotina diária. Dentre os diversos fatores que podem desencadear os sintomas, estão o medo da infecção, frustração, perdas financeiras e o sentimento de não produtividade.

Um dos primeiros efeitos da quarentena é a desorientação. Além disso, as atividades e a rotina nos primeiros dias ficam confusas, bem como a dificuldade em manter a concentração e o cansaço aumentam. Confira algumas dicas para que a ocupação do tempo ocorra de forma estruturada:

Divida o tempo em tarefas a cumprir:

- Reorganize seus horários: defina os horários que serão utilizados para organização da casa, alimentação, lazer, atividades leitura/estudo ou trabalho.
- Faça pausas ao longo do dia e encontre atividades que não sejam exatamente produtivas, mas sim revigorantes: pode ser uma leitura, assistir a um vídeo, fazer um hobbie, etc.
- Cuide da sua saúde: pratique atividades físicas leves por pelo menos 30 minutos ao dia.
- Mantenha-se conectado: determine horários estipulados para ler as notícias sobre o novo Coronavírus, mas não leia sobre o assunto o tempo todo. Aproveite para manter contato com amigos e parentes pelas redes sociais, por meio de ligações e vídeo chamadas.
Se apresentar dificuldade na organização e manutenção da rotina, não conseguir planejar as atividades que gostaria de fazer ou como executá-las, não conseguir realizar as atividades de vida diária, não se sentir apto a se divertir ou ter atividades de lazer, dentre outras dificuldades, procure um(a) terapeuta ocupacional.

ASCOM/CREFITO-4 MG