CREFITO-4 fiscaliza 5 regiões mineiras em janeiro

Tendo como foco a defesa da sociedade contra o mau profissional e o zelo pela qualidade da prestação do serviço fisioterapêutico e terapêutico ocupacional no Estado, os agentes fiscais federais do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 4ª Região (CREFITO-4) percorreram, nesses primeiros dias de 2019, mais de 30 cidades em Minas Gerais. Nos primeiros dias do ano, os agentes foram distribuídos por regiões, conseguindo assim, ampla cobertura nas inspeções.

Foram fiscalizadas as cidades de Ataléia, Frei Gaspar, Novo Oriente de Minas, Ouro Verde de Minas, Pavão e Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri; Chácara, Coronel Pacheco, Goianá, Piau e Juiz De Fora, na Zona da Mata; Água Comprida, Conceição das Alagoas, Conquista, Delta e Uberaba, no Triângulo Mineiro; Sardoá, Santa Efigênia de Minas, Gonzaga, Divinolândia de Minas, Virginópolis, Guanhães, Senhora do Porto, Dom Joaquim, Carmésia, Braúnas e Dores de Guanhães, no Vale do Rio Doce; e os municípios de Inimutaba, Monjolos, Morro da Garça, Presidente Juscelino, Santo Hipólito, Curvelo e Gouveia, na região Central, totalizando 34 cidades inspecionadas.

As principais infrações encontradas foram ausência de registro de empresa, ausência de registro de informações do paciente em prontuário fisioterapêutico ou terapêutico ocupacional, publicidade indevida e conivência com exercício ilegal das profissões, além de muitos profissionais não manterem os dados atualizados junto ao conselho.

O CREFITO-4 tem se mantido vigilante em sua rotina de fiscalização. Você teve conhecimento de alguma irregularidade? Denuncie ao conselho, enviando mensagens para denuncia@crefito4.gov.br. Você pode também enviar a sua denúncia pelo aplicativo do CREFITO-4 – o CREFITO MOBILE -, disponível para IOS e Android (baixe o aplicativo em http://crefito4.gov.br/site/aplicativos/). Todas as denúncias são apuradas e a identidade do denunciante é mantida sob sigilo.

ASCOM / CREFITO-4