CREFITO-4 envia fisioterapeuta referência em queimados para auxiliar profissionais de Janaúba

Por articulação do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO-4), a pedido dos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais do Centro Especializado em Reabilitação de Janaúba (CER III), a fisioterapeuta e 2ª secretaria da Sociedade Brasileira de Queimadura, Dra. Marilene Massoli, realizou na terça-feira (3) o primeiro dia de capacitação para os referidos profissionais sobre o tratamento adequado a pacientes com queimaduras. O objetivo é proporcionar à equipe uma melhor qualificação sobre o assunto para que seja fornecida uma assistência continuada adequada às vítimas da tragédia ocorrida na Creche Gente Inocente, na cidade do norte de Minas, em outubro de 2017.

A profissional ministrou aulas teóricas sobre os conceitos e causas de queimaduras para a equipe multiprofissional do CER III, formada por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos, enfermeiros, fonoaudiólogos e nutricionistas. Durante a apresentação à equipe, Dra. Marilene se emocionou ao agradecer ao presidente do CREFITO-4, Dr. Anderson Coelho, a oportunidade de visita na cidade. De acordo com ela, é de extrema importância qualificar e orientar os profissionais de saúde sobre as peculiaridades de um paciente com queimaduras. Só assim, será possível garantir às crianças um tratamento adequado e de qualidade.

Dra. Marilene também realizou um atendimento prático, específico para os fisioterapeutas do Centro, em que foram avaliados individualmente os pacientes vítimas da tragédia, juntamente com os profissionais responsáveis por cada um deles. No atendimento clínico, foram realizadas avaliações das lesões de superfície corporal dos pacientes e elaborado um tratamento adequado para o cuidado continuado, conforme as especificidades individuais. Além disso, as vítimas receberam orientações sobre os cuidados que devem ter no dia a dia para evitar o agravamento das feridas. O treinamento viabilizou, ainda, através da articulação da Dra. Marilene com a empresa Compress Brasil, a doação de uma peça de malha a cada um dos pacientes, que será de extrema importância para o tratamento das cicatrizes hipertróficas.

“O paciente é muito particular e carece de formação específica. Para conseguir ter uma visão do paciente e do que será a sua sequela, é preciso entender a fundo o que é a queimadura, só assim será possível oferecer um tratamento com efeitos positivos e prevenir as possíveis sequelas que ainda virão. Desta forma, o que eu e o CREFITO-4 oferecemos a esses profissionais é a nossa experiência para ajudar a aliviar a aflição da equipe e o sofrimento das vítimas. Sabemos o quanto é difícil tratar esse tipo lesão e é por isso que estamos aqui para ajudá-los no que for preciso”, afirma Dra. Marilene. A profissional estará na cidade até esta quinta-feira (5), compartilhando conhecimento e uma prática mais humanizada para o atendimento às vítimas.

ASCOM/CREFITO-4