Ação do CREFITO-4 resulta em contratação de fisioterapeutas

 

Durante fiscalização de rotina do CREFITO-4, os agentes fiscais constataram que o hospital Santa Casa de Misericórdia de Passos, localizado no Sul de Minas Gerais, possuía um número insuficiente de profissionais fisioterapeutas para atender às necessidades dos pacientes, estando, assim, em desacordo com a RDC7, resolução que estabelece padrões mínimos para o funcionamento das Unidades de Terapia Intensiva.

Diante das irregularidades apuradas através da ação de fiscalização, o CREFITO-4 encaminhou denúncia ao Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG) que, prontamente, notificou o hospital a fim de que se adequasse aos parâmetros exigidos.

Vale ressaltar que, de acordo com o documento encaminhado pelo MPMG ao conselho, o número de insuficiência da assistência fisioterapêutica na Santa Casa de Misericórdia de Passos já foi regularizado, com a contratação de novos profissionais, conforme as normas que foram invocadas pelos agentes fiscais durante a fiscalização.

O CREFITO-4 vem buscando junto ao MPMG que todos os hospitais de Minas Gerais cumpram a cobertura mínima de um profissional fisioterapeuta para cada 10 leitos de Terapia Intensiva. Além disso, o conselho tem percorrido incansavelmente todo o estado mineiro para combater as irregularidades e ilegalidades existentes no exercício da fisioterapia e da terapia ocupacional.

Para denunciar situações como estas ou outras irregularidades no exercício das profissões, encaminhe um e-mail para denuncia@crefito4.org.br. O CREFITO-4 assegura que 100% das denúncias recebidas são verificadas e a identidade do denunciante mantida em sigilo.